Como trabalhar a indisciplina com jogo de tabuleiro

Jogo ética em ação para trabalhar a indisciplina da sala de aula

No Brasil mais de 60% dos educadores apontam lidar diariamente com o mau comportamento em sala de aula, gastando 20% do tempo tentando conter a turma, segundo o estudo realizado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Você sofre com indisciplina em sala de aula? Quanto tempo você perde (de ensinar) para acalmar a turma ou conter situações de indisciplina?

O jogo de tabuleiro Ética em Ação foi criado para mudar o comportamento dos estudantes em sala de aula. Após receber muitas queixas dos professores sobre o mal comportamento dos estudantes e o cansaço físico e mental de ter que “enxugar gelo”, onde nem coordenação ou direção consegue mudar os maus comportamentos recorrentes. Dois anos de estudos descobri como trabalhar a indisciplina Ensinando Diferente.

percurso do jogo ética em açaõ

Parte do percurso do jogo ética em ação

O jogo Ética em Ação é um tabuleiro de percurso simples jogado em turnos. Seu objetivo principal é mudar  o comportamento inadequado disparando reflexões sobre as situações e atitudes tomadas no cotidiano escolar. Ele proporciona análise do seu comportamento, com diversão e ludicidade.

Acesse o site do jogo e saiba como trabalhar a indisciplina com jogo de tabuleiro: eticaemacao.com.br

carta de aprendiz do jogo

carta de aprendiz

Sua mecânica trabalha fornecendo uma pontuação para as ações adequadas e retira este, quando o avatar faz uma ação inadequada. Queremos com isso aumentar a probabilidade de que as ações consideradas boas socialmente voltem a serem feitas e que as ações ruins, deixem de ser cometidas.

Para completar um dia na escola joga-se um turno do jogo (uma volta no tabuleiro) percorrendo quarenta e três casas. Para o avatar se locomover nelas, é necessário jogar o dado e contar com a sorte.

Antes de iniciar o jogo, cada participante ganha duas cartas de aprendiz e escolhe um dos dez avatares para viver este dia na escola. Irá utilizar a carta de aprendiz nas duas primeiras vezes em que cair em uma ação inadequada. Esta carta não pontua no final do jogo. A ideia de ser um aprendiz é criar uma cultura que errar faz parte da falta de conhecimento e reflexão, neutraliza o jogo da culpa e faz com que sintam autorizadas a (e responsáveis por) expor e aprender com o “erro”.

carta ELEVAÇÃO para o estudante que tem atitudes boas

carta do jogo ética em ação

O jogador ganha uma carta de elevação quando seu personagem cair em uma ação adequada ou acertar qual é a ação que o jogador está representando na casa “ação”.  Esta carta será utilizada para “pagar” quando cair em uma ação inadequada e não tiver mais a carta de aprendiz. Ao final do jogo aquele que terminar o(s) turno(s) com mais cartas de elevações, ganhará o jogo.

Nesta mecânica, o jogador torcerá para que a sorte faça o seu avatar “cometer” ações adequadas para então ganhar uma carta de elevação e reprovará quando ele cair em uma casa inadequada.

Todos os participantes deverão chegar ao final do percurso, na casa quarenta e três. Ganha o jogo o participante que tiver mais cartas de elevação, ou seja, o avatar que fez mais ações boas durante o turno.

DURAÇÃO DO JOGO:  30 à 50 minutos, podendo o professor estipular uma “volta no tabuleiro” ou mais, caso queira que o jogo dure por mais tempo.

PARTICIPANTES: de 2 à 6 jogadores

IDADE: a partir de 7 anos

RESULTADOS: os resultados aparecem a partir a quarta vez em que estão jogando. Na primeira vez as crianças irão explorar, na segunda se divertir (inclusive com o erro do outro) e a consciência inicia na terceira vez em que jogarem.

GOSTOU?

você pode encontrar na nossa loja: https://www.loja.ensinardiferente.com.br/

como trabalhar o comportamento dos alunos

trabalhar o comportamento e indisciplina

Qualquer dúvida, saiba que estou aqui! É só comentar!!!

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *